12 motivos para consultar um nutrólogo

0
337

A cada cinco brasileiros, um está obeso. Isso significa que mais da metade da população está acima do peso. A falta de uma boa alimentação provoca o descontrole do peso e um problema ainda mais grave: deficiências nutricionais no organismo.  Para te ajudar a ter uma boa saúde, reduzindo os riscos de doenças através da alimentação, o profissional indicado é o nutrólogo.

 

Esse profissional é responsável por dar orientações relacionadas à obesidade, ganho de massa muscular, desempenho esportivo, alimentação saudável, entre outras particularidades. Neste momento, você deve estar pensando: mas essa não é a função do nutricionista? Por isso vamos te explicar a diferença entre esses dois tipos de profissionais.

 

A primeira diferença está na graduação. O nutrólogo é formado em medicina, e depois faz uma especialização enquanto o nutricionista é graduado em nutrição. As duas áreas estão ligadas à alimentação, mas com enfoques diferentes.

 

Os médicos nutrólogos são capacitados para diagnosticar problemas que podem ser o motivo do ganho ou perda de peso de um paciente. O objetivo não é apenas fazer com que a pessoa emagreça ou ganhe peso, mas sim descobrir o que está acontecendo com o organismo desse paciente. Assim, após o estudo de todas as causas, é indicado um tratamento especializado.

 

Os nutrólogos são especialistas com capacidade de relacionar o problema do paciente com outras áreas, como oncologia, cardiologia e medicina esportiva. Pela formação, eles têm conhecimento para diagnosticar e tratar qualquer tipo de doença relacionada à alimentação e aos hábitos de vida, como anemia, diabetes, câncer, obesidade, hipertensão, tireopatias e pausas hormonais.

 

Diferente dos nutricionistas, os médicos nutrólogos têm condições de medicar o paciente se necessário, além de solicitar exames específicos. Se for o caso, encaminhar para outra especialidade. Se você está pensando em contratar este profissional e está em dúvida, separamos esses 12 motivos para te ajudar a entender por que você precisa deste profissional.

 

  • 1 – Tratar a obesidade

    O nutrólogo é o especialista indicado para pacientes que estão tratando questões relacionadas ao sobrepeso e à obesidade. Esse profissional, além das orientações dietéticas, é capaz de medicar e instruir você sobre o melhor tratamento para controle do peso.

  • 2 – Tratar transtornos alimentares

    Aqueles que sofrem com transtornos alimentares diagnosticados, como a bulimia e a anorexia, também podem se beneficiar da consulta com um nutrólogo. Neste caso, eles auxiliam no tratamento das condições, sempre ao lado de um profissional de psiquiatria, para dar suporte nutricional ao paciente que precisa combater essas situações.

  • 3 – Acompanhar atletas

    Os atletas e todos aqueles que praticam atividade física com regularidade necessitam de acompanhamento nutricional constante. Uma vez que suas atividades demandam um alto gasto de energia metabólica, o nutrólogo é capaz de acompanhar de perto essas condições, orientando adequadamente a alimentação desses indivíduos para melhora do desempenho.

  • 4 -Praticar a nutrição preventiva

    O nutrólogo não é somente um profissional que atua no tratamento de doenças relacionadas com a alimentação. Ele também é capaz de praticar a nutrição preventiva, auxiliando a melhorar a alimentação de pacientes que ainda não manifestaram alterações importantes na saúde.

  • 5 – Realizar a nutrição da terceira idade

    Você sabia que os nutrólogos são indicados para pessoas idosas? Aqueles que vivem a melhor idade necessitam de acompanhamento detalhado da alimentação, visto que apresentam maior dificuldade de digestão e absorção de determinados alimentos e nutrientes. O nutrólogo é o profissional indicado para auxiliar os pacientes que se encontram nessa situação, garantindo uma melhor nutrição.

  • 6 – Auxiliar pacientes a alcançar qualidade de vida

    Todos as pessoas que se alimentam de maneira irregular – situação que resulta em baixa qualidade de vida – podem precisar de um acompanhamento nutricional feito por esse especialista. Uma melhor alimentação pode aumentar a disposição e a sensação de bem-estar, geralmente prejudicadas nesses pacientes.

  • 7 – Realizar avaliação da composição corporal

    Se você quer conhecer sua composição corporal e atuar diretamente na melhora da qualidade de vida após a avaliação desses indicadores, pode contar também com o suporte do nutrólogo. Ele é capacitado para solicitar todos os exames e análises que permitem fechar um diagnóstico da composição corporal do paciente.

  • 8 – Tratar doenças crônicas

  • Doenças crônicas não transmissíveis, como a diabetes, hipertensão e aterosclerose, também podem ser acompanhadas e tratadas com a ajuda do nutrólogo, visto que boa parte desse tratamento é realizado com o ajuste dietético.
  • 9 – Tratar doenças metabólicas

    Doenças relacionadas com o metabolismo, como a doença celíaca, intolerância à lactose e outras similares, também podem ser tratadas com a ajuda do nutrólogo. Além dos ajustes dietéticos, esse profissional pode medicar possíveis sintomas e influenciar na recuperação do paciente.

  • 10 – Realizar avaliação nutricional

    O fechamento do diagnóstico nutricional de um paciente, que envolve não somente uma análise de sua alimentação, como também a avaliação da composição corporal e de seus exames bioquímicos, também é realizada pelo nutrólogo. Esse diagnóstico ajuda a tornar tratamentos mais eficientes e também a atuar na melhora da qualidade de vida.

  • 11 – Identificar erros alimentares

    Identificar possíveis “erros” alimentares, hábitos de vida ou estados orgânicos que estejam contribuindo para o quadro nutricional do paciente, já que as interrelações entre nutrientes, medicamentos e de mecanismos regulatórios orgânicos são complexas.

  • 12 – Identificar a melhor alimentação com base na genética

    O nutrólogo se propõe a ajudar no emagrecimento e na rotina de uma vida saudável a partir da premissa de que os organismos são únicos e têm sua própria forma de funcionar. Portanto, é preciso que os cardápios sejam desenhados conforme o DNA e as necessidades de cada pessoa.

    Depois de conhecer esses 12 motivos, você está pronto para consultar um nutrólogo? Agende aqui a sua consulta. Compartilhe com a gente a sua opinião! Quer conferir mais conteúdos como esse? Acesse nosso blog e descubra mais!

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here