12 motivos para tomar spirulina

0
698

Com a evolução da nossa sociedade, evoluiu também a quantidade de obrigações que desempenhamos ao longo do dia. Para lidar com a lista de obrigações cada vez maior, nós, seres humanos, precisamos de superalimentos que nos ajudem a desenvolver nossas atividades com saúde.

 

A spirulina é um alimento eleito pela ONU como “O melhor alimento para o futuro”, devido a sua diversidade de nutrientes capaz de oferecer uma nutrição completa de maneira simples e combater a desnutrição mundial.

 

A spirulina é uma bactéria, mais propriamente uma cianobacteria em forma de espiral, capaz de fazer fotossíntese. De cor verde intensa, ela caracteriza-se por apresentar um sabor e cheiro particular. Com um perfil nutricional muito rico ela é fonte de proteína, aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes. É perfeita para quem está em busca de uma alimentação completa e saudável.

 

O que torna a Spirulina ainda mais especial, pois possui alto potencial de digestão no organismo humano. Na prática, o seu corpo tem a capacidade de absorver até 95% dos nutrientes disponíveis.

 

Durante muito tempo foi considerada uma alga, talvez porque se desenvolve e vive em colônias e a sua aparência e cor se assemelha a uma alga. Da sua constituição fazem parte a clorofila e a ficocianina.

 

A clorofila (usa o sol como fonte energética) é responsável pela cor verde e pela remoção das toxinas no organismo, com influência no fortalecimento do sistema imunitário. A ficocianina é responsável pela cor azul e tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

 

1 – Fonte de nutrientes

Uma dose diária padrão de spirulina é de 1-3 gramas, mas doses de até 10 gramas por dia têm sido utilizadas de forma eficaz. Com alto poder nutritivo, uma única colher (7 gramas) de pó seco de spirulina contém:

Proteína: 4 gramas.

Vitamina B1 (Tiamina): 11% da recomendação diária.

Vitamina B2 (Riboflavina): 15% da recomendação diária.

Vitamina B3 (Niacina): 4% da recomendação diária.

Cobre: 21% da recomendação diária.

Ferro: 11% da recomendação diária.

Ela também contém quantidades decentes de magnésio, potássio e manganês, e pequenas quantidades de quase todos os outros nutrientes necessários para o nosso corpo.

A spirulina é uma bactéria, mais propriamente uma cianobacteria em forma de espiral, capaz de fazer fotossíntese.
A spirulina é uma bactéria, mais propriamente uma cianobacteria em forma de espiral, capaz de fazer fotossíntese.

2 – Spirulina diminui os níveis de LDL e triglicerídeo

A Spirulina pode reduzir doenças cardíacas, isso ocorre porque ela diminui o colesterol total, colesterol LDL e triglicerídeos, enquanto aumenta o colesterol HDL (o “bom”). Ficou comprovado em estudos realizado em 25 pessoas com diabetes tipo 2, 2 gramas por dia de spirulina melhoraram significativamente esses marcadores. Em pessoas com colesterol elevado revelou que 1 grama de spirulina por dia reduziu os triglicerídeos em 16,3% e o LDL em 10,1%.

 

3 – Pode ajudar a combater o câncer

A spirulina pode ter propriedades anti-câncer. Alguns testes realizados em animais mostram que podem reduzir a ocorrência de câncer e o tamanho do tumor. Ela tem sido particularmente bem estudada no que se refere ao câncer oral, que é o câncer da boca.

 

4 –  Melhora dos sintomas da rinite alérgica

A rinite alérgica nada mais é que uma inflamação nas vias aéreas nasais. É desencadeada por alérgenos ambientais, tais como pólen e pelos de animais. Spirulina é um tratamento alternativo popular para sintomas de rinite alérgica, e há evidências de que ele pode ser eficaz. Em um estudo feito em 127 pessoas com rinite alérgica, 2 gramas por dia reduziram drasticamente os sintomas como descarga nasal, espirros, congestão nasal e prurido.

 

5 – Spirulina pode reduzir a pressão arterial

Uma dose de 4,5 gramas por dia pode reduzir a pressão arterial. Já ficou comprovado que uma molécula da spirulina que ajuda os vasos sanguíneos a relaxar e dilatar.

 

6 – Propriedades antioxidantes e antiinflamatórias

Spirulina é uma fonte fantástica de antioxidantes, que podem proteger contra danos oxidativos. O principal componente ativo é chamado ficocianina. Esta substância antioxidante também dá spirulina sua cor azul-verde. A ficocianina pode combater os radicais livres e inibir a produção de moléculas de sinalização inflamatória, proporcionando efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios.

 

7 –  Eficaz contra a anemia

Em um estudo feito em 40 idosos com história de anemia, a suplementação com spirulina aumentou o teor de hemoglobina nos glóbulos vermelhos. A função imunológica também melhorou. É preciso que se avance nas pesquisas são antes de quaisquer recomendações possam ser feitas.

 

8 – Spirulina protege o colesterol LDL de se tornar oxidado

Estruturas graxas no corpo são suscetíveis a danos oxidativos. Isto é conhecido como peroxidação lipídica, que é conhecido por ser um condutor chave de muitas doenças graves. Curiosamente, os antioxidantes em spirulina parecem ser particularmente eficazes na redução da peroxidação lipídica. Isto tem sido demonstrado várias vezes, tanto em estudos com humanos como em animais.

Durante muito tempo foi considerada uma alga, talvez porque se desenvolve e vive em colônias e a sua aparência e cor se assemelha a uma alga.
Durante muito tempo foi considerada uma alga, talvez porque se desenvolve e vive em colônias e a sua aparência e cor se assemelha a uma alga.

9- Spirulina controla o nível açúcar no sangue

Estudos feitos em animais demonstraram que a spirulina pode reduzir significativamente os níveis de açúcar no sangue . Existem evidências de que a spirulina pode ser eficaz em seres humanos. Em um estudo feito em 25 pacientes com diabetes tipo 2, 2 gramas de spirulina levou a uma redução impressionante nos níveis de açúcar no sangue.HbA1c, um marcador para os níveis de açúcar no sangue a longo prazo, diminuiu de 9% para 8%, o que é substancial. Estudos estimam que uma redução de 1% neste marcador pode reduzir o risco de morte relacionada à diabetes em 21%.

 

10 –  Spirulina melhora a força muscular

Certos alimentos vegetais têm propriedades antioxidantes que podem ajudar os atletas e indivíduos fisicamente ativos a minimizar esse dano. A espirulina parece ser benéfica, com alguns estudos mostrando melhora da força muscular e resistência.

 

11 – Promove a perda de peso

Já sabemos que a spirulina contém uma boa quantidade de proteína, o que aliado ao seu conteúdo de crómio, às suas propriedades antioxidantes e consequentemente diuréticas, promove uma desintoxicação do organismo, induzindo a perda de peso e a eliminação de gordura.

 

12– Fortalece cabelos e unhas

Spirulina é a maior fonte de beta-caroteno. O beta-caroteno age como antioxidante em nossa pele, nos protegendo da ação dos raios ultravioletas e preservando o colágeno que é responsável pela elasticidade, tonicidade e brilho. Se você deseja manter um bom bronzeado, o betacaroteno é fundamental, pois o mesmo é convertido em vitamina A que promove a formação da melanina, um pigmento que dá a cor ao bronzeado e protege contra o sol. Cabelos e unhas também são favorecidos pelo betacaroteno, mas aqui podemos mencionar outros aliados presentes na Spirulina. O magnésio presente na Spirulina evita o ressecamento e aumenta o brilho do cabelo, sendo fundamental para a manutenção do fluxo de nutrientes no couro cabeludo.

 

Viu como a Spirulina serve para auxiliar você a manter a saúde da pele, cabelo e unha, além de estimular a sensação de saciedade?

Posso te ajudar a incluí-la na sua dieta. Marque aqui a sua consulta.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here