Ayuverda saiba mais sobre essa alimentação

1391

A alimentação ayurvédica surgiu há tempos na Índia. Trata-se de uma alimentação que tem como base os conceitos de cura e prevenção da saúde. Entre os princípios da dieta, está a harmonia com o corpo e a mente para conquistar a plena saúde física, vitalidade e harmonia emocional. Leia o artigo que preparamos sobre os benefícios dessa dieta.

 

O próprio significado da palavra (“ayu” significa vida e “veda” conhecimento) já diz muito. Além disso, era descrita como a ciência da vida e aplicada para garantir saúde e bem-estar.

 

Em sânscrito, ayurveda significa ciência (veda) da vida (ayur). Longevidade, vitalidade, saúde física, mental e emocional são seus objetivos. Esse tipo de alimentação raramente trata os sintomas. Na verdade, ela busca evitar que eles apareçam através de uma dieta equilibrada. Portanto, o princípio básico da alimentação ayurvedica é prevenir e manter a saúde do corpo e da mente por meio de uma dieta e um estilo de vida harmonioso.

 

O fundamento da alimentação ayurvédica é o seguinte: buscar equilíbrio entre os três humores biológicos, os doshas. Cada uma das doshas é ligada, de maneira predominante, a um elemento específico.

 

As três doshas são vata, onde predomina o elemento ar; pitta, na qual há o predomínio do elemento fogo; e kapha, com predomínio da água.

 

Quais alimentos são indicados?

 

A dieta ayurvedica reconhece seis grupos de sabores e indica o consumo regular de todos esses grupos durante o dia. Recomenda-se uma sequência para as ingestões de alimentos em suas refeições.

 

Essas prioridades de consumo podem ser seguidas para proporcionar um melhor processo digestivo e uma queima de gorduras mais eficiente, pois os doces sendo consumidos primeiramente serão digeridos e queimados antes dos nutrientes ingeridos em seguida.

 

Os grupos são ordenados a fim de auxiliar no equilíbrio e melhor eficiência na queima dos alimentos ingeridos. A dieta ayurvedica objetiva esse equilíbrio, a seguir você poderá conhecer esses seis grupos:

 

Doces: Mel, açúcar, leite, massas, arroz, entre outros.

 

Ácidos: Limão, vinagre, laranja, entre outros.

 

Salgados: Qualquer alimento salgado.

 

Temperos fortes: Pimentas, gengibre, qualquer tempero quente, típico da culinária indiana.

 

Amargo: Alface, açafrão, folhas verdes, entre outros.

 

Adstringentes: Lentilhas, feijão e romã.

 

Gostou de conhecer esse tipo de alimentação milenar? Marque uma consulta com os amigos. Compartilhe esse artigo com o amigos! E lembre de compartilhar com os amigos.

Deixe uma resposta