Suco de caixinha é pior que refri?

1778

Quem nunca trocou o refrigerante por um suco de caixinha por considerar ser mais saudável que atire o primeiro lacre de latinha! Esse pensamento é muito comum, já que a bebida gasosa sempre foi uma das grandes vilãs da alimentação por conter níveis elevados de açúcar.

Mas escolher o suco de caixinha talvez não seja a melhor opção. Apesar do gosto realçado da fruta, a sensação de ser uma bebida saudável pode não ser tão verdadeira assim. Acontece que tanto o refri quanto os sucos industrializados estão no mesmo patamar em relação aos danos ao organismo.

Em virtude da sua praticidade e sabor, os sucos de caixinha estão em toda parte, acompanhando refeições ou fazendo parte dos lanches de adultos e crianças. No entanto, esses produtos são carregados de aditivos químicos, como corantes e aromatizantes, além do sódio, açúcar e adoçantes para as versões com menos calorias.

O refrigerante é uma das bebidas mais consumidas no mundo, principalmente entre os mais jovens. Rico em açúcares, ele apresenta acidulantes, conservantes e corantes artificiais que são prejudiciais à saúde.

Devido ao seu alto valor calórico, o uso contínuo dessa bebida está associado ao ganho de peso e à obesidade. Todo mundo sabe que aumentar a gordura corporal não é nada bom: além de afetar a estética, pode desencadear uma série de problemas graves de saúde, como diabetes, doenças cardiovasculares, aumento da pressão arterial e até mesmo o câncer.

Uma substituição nada saudável

Na busca por uma vida mais saudável e fit, muitos consumidores passaram a substituir o refri pelo suco de caixinha, aparentemente mais saudável e com mais opões de sabores.

Se você é adepto desse conceito é melhor reavaliar suas atitudes: os sucos industrializados também fazem parte da ala dos vilões da saúde, sendo tão ou até pior que os refrigerantes.

Apesar da boa fama, esse alimento está longe de ser legal. A maioria dos sucos industrializados é feito de néctar. Você sabe o que é isso? Vou explicar: quando você consome esse tipo de suco significa que está ingerindo uma bebida não fermentada que foi obtida através da diluição, em água potável, da parte comestível da fruta, com adição de açúcares.

Assim como os refrigerantes, os sucos também podem causar problemas, levando à obesidade e hipertensão. Mas a situação ainda pode piorar caso o consumidor tenha alguma sensibilidade às substâncias contidas no alimento, já que alguns corantes podem provocar asma e alergias.

Resumindo, substituir o refri pelo suco de caixinha por ser mais saudável é uma falsa impressão.

Para se ter uma ideia, apenas um copo de suco de caixinha contém mais da metade da quantidade de ingestão de açúcar diária recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 4 colheres de sopa, incluindo o açúcar natural já encontrado nos alimentos.

Isso quer dizer que uma lata de 330ml de suco (1 copo e meio) tem aproximadamente 49 gramas de açúcar, ao passo que 350ml de refrigerante pode equivaler a 37 gramas dessa substância.

Se você quer seguir uma vida com mais saúde, o ideal é eliminar os sucos de caixinha do seu cardápio. Afinal, eles contêm pouca fruta e baixo valor nutricional.

Prefira as bebidas saudáveis

O que o corpo precisa é de hidratação e, por isso, a água é sempre a bebida mais recomendada. Os sucos naturais são bem-vindos, desde que sejam feitos e consumidos na hora.

Outra opção para quem não tem muito tempo, mas deseja consumir bebidas com mais sabor, é a polpa congelada. Ela pode ser ingerida com adoçantes naturais, como o xilitol e a stevia.

Se você quer saber mais sobre o assunto, ou tem interesse em conhecer os melhores tipos de sucos para a sua dieta, consulte um médico nutrólogo, que vai avaliar sua saúde e propor opções que vão ao encontro do seu objetivo.

O Instituto Ferreira Mattos está à disposição para te orientar em uma vida mais saudável. Entre em contato e agende sua consulta!

Deixe uma resposta