O que é reeducação alimentar?

0
121

Você conhece alguém que estava cima do peso e emagreceu após fazer uma dieta milagrosa da internet? Em geral, essas pessoas recuperam o peso anterior mais rápido do que o tempo que levaram para emagrecer. Se você já passou por isso, ou conhece alguém com esse perfil, saiba que não existe mágica para a perda de peso eficaz: o segredo está na reeducação alimentar.

Dietas do tipo “emagreça 10kg em 2 semanas” são altamente advertidas pelo Ministério da Saúde, devido aos riscos que oferecem. A maioria dos modelos de regimes radicais limitam o indivíduo a consumir um único grupo, ou tipo, de alimento. Como essa estratégia não é sustentável a longo prazo, após o término da dieta a pessoa tende a se alimentar de forma compulsiva, em grandes porções e comendo tudo o que estava proibido durante o regime.

Por esse motivo, o pré e o pós-operatório da cirurgia bariátrica, por exemplo, envolvem acompanhamento multiprofissional. Além do cirurgião, é recomendado que o paciente seja orientado por um nutrólogo e por um psicólogo. Em conjunto, essas áreas pretendem auxiliar a mudança alimentar e comportamental para estimular um novo de estilo de vida.

Afinal, para o sucesso do resultado, seja de uma cirurgia ou de uma reeducação alimentar voluntária, é fundamental que o cérebro coordene o estômago de forma conscienciosa.

Reeducando a alimentação

Nenhum obeso adquire os quilos do sobrepeso do dia para a noite. A obesidade é reflexo de um conjunto de hábitos e impulsos repetidos a longo prazo.

Para reverter esse quadro é preciso trabalhar a força de vontade e o autocontrole.

Confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar a ter uma melhor relação com o espelho, além de beneficiar a sua saúde e qualidade de vida:

Mastigue devagar

Ao mastigar bem cada garfada, a digestão se simplifica. Quando você mastiga, o cérebro estimula, de forma mais rápida, a ação das enzimas do suco gástrico e a sensação de saciedade. Assim, evitamos comer de forma exagerada.

Quando se alimenta muito rápido, a sensação de estômago satisfeito demora a ser notada.

Organize as refeições

Planejar as refeições da semana ou do dia seguinte te ajudam a ter um controle maior sobre o plano alimentar prescrito pelo nutrólogo. Com as refeições já preparadas, fica muito mais fácil se alimentar corretamente e na hora certa. Esse hábito colabora para que você não desvie o foco.

Ele também evita que a refeição seja substituída por lanches gordurosos ou petiscos industrializados.

Fracione a alimentação

Comer de três em três horas garante que você não passe tanto tempo em jejum. Com um intervalo menor entre as refeições, a tendência é controlar a fome para não comer em excesso.

Além disso, passar muitas horas em jejum afeta o metabolismo, deixando-o mais lento, o que dificulta o processo de emagrecimento. Para quem pretende ganhar massa, jejuar também não é uma boa opção, pois o corpo passa a retirar energia dos músculos, favorecendo o catabolismo.

Quanto tempo dura a reeducação alimentar?

Diferente de uma dieta, não estipulamos prazo para encerrar a reeducação alimentar. A prática deve ser encarada como um processo contínuo que propõe um estilo de vida mais saudável.

É claro que, de vez em quando, quem gosta de doce, por exemplo, vai sentir falta de um chocolate. Nessas situações, a ideia não é proibir que você coma, e sim estimular uma escolha menos impulsiva: ao invés de devorar uma barra inteira, que tal comer só um pedaço?

Se você já se frustrou alguma vez por não conseguir obter os resultados desejados, mesmo com dietas super restritas, eu te convido a transformar sua percepção através da reeducação alimentar.

O que te impede de seguir uma dieta hoje?

Estou à disposição para te ajudar com um plano alimentar individualizado e sustentável. Tenho certeza que, com um pouco de dedicação, conseguiremos atingir seus objetivos. Marque sua consulta para que possamos conversar melhor sobre isso.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here