Dicas para lidar com vício em açúcar

828

Todo mundo já sentiu aquela vontade de comer um docinho após uma refeição ou um dia puxado. Essa ação, se realizada com frequência, pode gerar um vício em açúcar.

O consumo de açúcar é essencial para o organismo, visto que é a fonte para a produção de energia. Porém, quando ingerido em excesso, pode causar malefícios como diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares.

Como qualquer vício, o açúcar pode gerar crises de abstinência acompanhadas de tontura, mau humor e aumento da compulsão por doces.

O que acontece com o corpo quando ingerimos açúcar?

Durante a ingestão de açúcar, a substância entra no sistema sanguíneo e eleva os níveis de glicose, estimulando o pâncreas a produzir insulina. Esse é o hormônio responsável por metabolizar a glicose e produzir energia para o corpo.

No cérebro, ocorre a sensação de recompensa e bem estar, liberando hormônios como a dopamina e gerando um ciclo vicioso. Quando o sistema de recompensa é ativado com muita frequência, há perda de controle e aumento da tolerância ao consumo de açúcar – o que é terrível! Assim, o corpo sempre pede mais e mais.

Quando ingerido em excesso, o açúcar está ligado a doenças como obesidade, diabetes, variações sérias de humor e problemas no sistema imunológico.

Além disso, o exagero da ingestão de açúcar está associado à dificuldade de aprendizagem, memória ruim e causa, ou contribuição, para quadros de depressão e ansiedade.

Dicas que podem ajudar a lidar com o vício em açúcar

Para controlar o vício em açúcar é recomendado não consumir alimentos processados, enlatados ou embalados. Mas, caso não seja possível evitar, leia sempre o rótulo.

Por outro lado, existem algumas substâncias encontradas em alimentos naturais que podem auxiliar na diminuição desse vício. Dentre elas, podemos citar:

Fibras

As fibras possuem o poder de prolongar a sensação de saciedade por mais tempo. Assim, evita que aconteçam compulsões alimentares e auxilia na desintoxicação do corpo.

Alguns alimentos que atuam como fontes de fibra são abacate, grão de bico, maçã, quinoa e quiabo.

Proteínas

O consumo de proteínas ajuda no equilíbrio de açúcar no sangue, ajudando na redução ou eliminação do vício. Algumas fontes de proteína são lentilha, brócolis, carnes em geral, quinoa e ovo.

Gorduras boas

Ao ingerir gorduras saudáveis, o organismo vai precisar processá-la para produzir energia e funcionar corretamente. Esse consumo auxilia no controle da obsessão por açúcar e ajuda na perda de peso.

As gorduras boas podem ser encontradas no coco, óleo de gergelim, óleo de abacate, castanhas e outras oleaginosas.

Sono contra o açúcar

Noites mal dormidas estão ligadas ao desejo de consumir alimentos cheios de açúcar. A ausência de sono dificulta na hora de dizer não aos alimentos açucarados.

Além disso, a substituição o uso de adoçantes artificiais pode mudar a forma com que o corpo metaboliza o açúcar. Isso pode gerar o crescimento da tolerância e contribuir para o aumento de peso.

Outro fator importante é buscar entender se existe alguma ligação entre fatores emocionais e o desejo por açúcar e identificar os gatilhos que se manifestam juntamente com o desejo por doces. Assim, vai ficar mais fácil a busca pela melhor estratégia para tratar essa vontade.

Lidar com o vício em açúcar não é uma tarefa fácil. Quer melhorar sua qualidade de vida e eliminar tudo isso que faz mal? Estou à disposição para te ajudar nessa tarefa!

Agende sua consulta e venha bater um papo comigo.

 

Deixe uma resposta