Como começar um plano alimentar?

618
A foto mostra três marmitas com alimentos saudáveis, todas iguais e uma ao lado da outra. Estão sobre uma bancada de mármore branco.
Crédito da imagem: Pexels - Ella Olsson.

Quando o assunto é reeducar a alimentação é comum surgirem dúvidas como:
Quais alimentos não posso comer?
O que usar para temperar a comida?
Preciso procurar ajuda profissional?
Posso consumir refrigerante zero?

O primeiro passo para priorizar a sua saúde é não iniciar uma dieta restritiva. Estudos científicos apontam que cerca de 95% dos brasileiros acabam fracassando e deixando seus objetivos de lado quando começam a cortar alimentos da rotina.

Em seu livro “O peso das dietas”, a nutricionista e pesquisadora Sophie Deram alerta: “o seu cérebro não percebe a perda de peso como um sucesso de beleza; percebe como um grande perigo e, por isso, desenvolve mecanismos de adaptação para proteger você”.

Isso pode causar o indesejado efeito sanfona. Além do risco de deficiência nutricional, é possível que esse tipo de dieta torne-se um agravante para o desenvolvimento de transtornos alimentares.

Para que você tenha sucesso nessa mudança, é muito importante contar com o acompanhamento profissional e desenvolver um rotina saudável. Isso não se resume a deixar de comer determinados alimentos

Eu sei que o primeiro passo é sempre o mais difícil, principalmente, quando não temos noção das mudanças necessárias. Por isso, separei algumas dicas para te ajudar a começar o seu planejamento alimentar:

  • Mulher De Camiseta Verde Segurando Pimentão LaranjaOrganização
    Você é aquela pessoa que prefere anotar tudo ou já está adaptada com o meio digital? É muito importante, nessa primeira fase, utilizar um espaço para organizar e montar o seu cardápio semanal. Uma dica é a ferramenta Trello, fácil e bem objetiva. Se preferir, crie um organograma e deixe em um ponto visível da casa, para lembrá-lo.
  • Autoconhecimento
    É preciso se conhecer e entender até onde você é capaz de chegar para estabelecer suas metas. Propor um resultado inalcançável só vai te deixar frustrado e te afastar do seu objetivo. Por isso, seja realista e paciente, no começo o ritmo é devagar mesmo.
  • Monitoramento é o caminho pro sucesso
    Você já deve ter escutado essa frase, né!? Pois é, verdade! Monitore tudo que você comer durante o dia, até mesmo os deslizes. Assim, no final de semana, você pode se organizar e revisar os pontos que precisam ser melhorados.
  • O profissional é essencial
    Não é possível saber o que você deve evitar antes de realizar uma avaliação. Nesse caso, ter o acompanhamento com um profissional faz todo diferença no seu resultado, ele irá observar o seu biótipo, objetivos, estilo de vida e entender o que você precisa incluir na sua alimentação.

Dar o primeiro passo é importante! Conte conosco para te ajudar na busca de uma vida mais saudável!

Deixe uma resposta