Comer de 3 em 3 horas emagrece?

248
Na imagem estão uma maçça, uma fatia de pão integral com um tipo de requeijão e uma xícara com escritos de café. Atrás, na mesma mesa, um laptop com relógio mostrando 12:03.

Você com certeza já ouviu de alguém que comer de três em três horas é uma boa estratégia para quem deseja perder peso. Porém, será mesmo que essa é uma regra aplicável e com bons resultados para todos?

Não é possível generalizar de uma forma tão simples. Se fosse assim,
teríamos um plano alimentar único, como se fosse uma mesma receita para todos.

O que torna essa regra um mito?

Diversos estudos apontam que o mais importante para quem está com projeto de perder peso é o que se come e não a frequência. Por exemplo, uma pessoa que come de três em três horas alimentos ricos em carboidratos processados, sem praticar atividades físicas. Ela estará colaborando para o aumento de peso.

Outro mito comumente propagado é que nada influencia o metabolismo. A Taxa Metabólica Basal está relacionada com a massa muscular, ou seja, com ingestão balanceada de proteínas e exercícios físicos.

Outro fator que devemos nos atentar é que comer em intervalos curtos durante o dia pode causar o efeito inverso. De acordo com um estudo holandês de 2012, conduzido pela Universidade de Maastricht, ao se alimentar várias vezes ao dia é possível que os níveis de glicose no sangue aumentem.

Em alguns casos a regra pode até ser aplicada, quando falamos em pessoas mais ansiosas, por exemplo. Esperar a fome chegar pode gerar uma compulsão e, quando for o momento de se alimentar, a pessoa acaba ingerindo mais do que deveria.

Assim, o recomendado é não fazer menos de quatro refeições ao dia, contando com café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Todos eles balanceados, é importante para evitar o exagero.

“Se essa não é uma boa estratégia, o que devo fazer então?”

Converso com meus pacientes que, para uma boa qualidade de vida e emagrecimento saudável, é preciso o alinhamento de todos os seus costumes e entender quais são as suas necessidades fisiológicas.

Assim, o meu conselho é comer apenas quando sentirmos fome, porque entendo que cada corpo é individual e exige um tratamento específico. Compreender o que você precisa é o mesmo que evitar os impulsos e comer sem necessidade.

Desenvolva o autoconhecimento

O autoconhecimento é a parte mais importante quando alguém deseja emagrecer, pratique-o e observe os sinais que o seu corpo transmite quando está com fome, assim fica mais fácil perceber quando realmente deve-se alimentar.

Mas, atenção! Você precisa seguir o plano alimentar da mesma forma, escolher alimentos saudáveis e que estejam de acordo com as recomendações profissionais.

Veja alimentos que podem te ajudar a manter a saciedade:

A foto mostra uma mão por cima de um prato de salada colocando azeite na comida.Uma dieta equilibrada precisa contar com níveis de gordura boa, as opções mais saudáveis são: azeite na salada, sementes, oleaginosas e peixes ricos em gordura.

A proteína atua no aumento da sensação de saciedade, contribui para redução da fome e a necessidade de comer toda hora. Assim, no café da manhã, por exemplo, prefira comer ovos mexidos do que apenas um pão.

Os carboidratos possuem efeito contrário no organismo, incentivando o pico de insulina e gastando rapidamente a glicose que está circulando. Faça atividade física com frequência para gastar energia e melhorar sua qualidade de vida.

O que achou desse post? Confira mais dicas como essa no meu Instagram e insira hábitos saudáveis no seu dia a dia.

Deixe uma resposta